Especialidades

Tromboembolismo venoso

O tromboembolismo venoso abrange a trombose venosa e a embolia pulmonar, que são doenças causadas pela formação de coágulos (trombos) no sistema circulatório.

No caso da trombose venosa, os trombos se manifestam no interior das veias profundas, principalmente nos membros inferiores, mas podendo atingir também os braços e a pélvis.

Já a embolia pulmonar consiste na obstrução das artérias do pulmão, que pode ser provocada por um coágulo (ou fragmento dele) que se formou inicialmente em outra região e migrou para esse órgão, por meio da circulação.

Quais são os fatores de risco para o tromboembolismo venoso?

Entre os fatores que podem aumentar as chances de desenvolver o problema estão:

  • Realização de cirurgia;
  • Imobilidade;
  • Traumas;
  • Idade;
  • Obesidade;
  • Câncer;
  • Gravidez;
  • Pós-parto;
  • Tabagismo;
  • Varizes;
  • Uso de anticoncepcional;
  • Terapia de reposição hormonal sem acompanhamento médico;
  • Histórico familiar da doença.

Quais são os sintomas?

Quando manifestam sintomas, os pacientes com trombose venosa costumam apresentar dor, inchaço, coloração avermelhada ou azulada na pele, dilatação das veias, aumento de temperatura, rigidez na musculatura e dor à palpação.

Pessoas com embolia pulmonar, por sua vez, podem ter falta de ar, respiração rápida, dor nas costelas ou na região do pulmão, coração acelerado, tontura e desmaio.

Como tratar?

O tratamento busca atenuar os sintomas agudos da doença, evitar o aumento dos coágulos e reduzir o risco de morte do paciente. Para isso, podem ser adotados medicamentos intravenosos ou via oral. 

Diante de qualquer sinal, procure seu médico e siga todas as suas orientações.

Nova Pelle
Entre em contato conosco