Especialidades

Peeling

A palavra “peeling”, tão comumente usada hoje em dia, vem do inglês e quer dizer “descascando”. Ela se refere a um dos efeitos mais visíveis deste método de tratamento utilizado largamente pelos dermatologistas.

O que é

Peeling é o tratamento no qual o dermatologista, através de certas técnicas, causa uma descamação exagerada das camadas mais superficiais da pele. Essa descamação leva à remoção de células envelhecidas e a um estímulo da renovação celular. O resultado é um aspecto mais viçoso e saudável da pele. De acordo com o resultado que se espera obter, os peelings devem agir em diferentes níveis da pele. Assim, são classificados em superficiais, médios ou profundos.

Indicação

Os peelings podem ser usados para uma série de finalidades:

 

Rejuvenescimento;

Tratamento de rugas;

Oleosidade excessiva, poros dilatados e aspereza da pele;

Tratamento de acne ou de suas cicatrizes;

Manchas;

Estrias.

 

Aplicação

Os peelings são feitos em consultório e levam poucos minutos. A medicação é aplicada na pele, causando descamação da área tratada depois de 2 ou 3 dias. Pode ocorrer ardor na hora da aplicação, que passa em poucos minutos.

 

Cuidados antes / depois

O uso de medicamentos deve ser informado previamente, assim como a existência de alergias, sensibilidade ou histórico de herpes;

Não usar cosméticos ou produtos dermatológicos a partir do dia anterior ao peeling e seguir recomendação de seu dermatologista para reinício. Cremes ou sabonetes aparentemente inocentes podem causar reações indesejadas;

Evitar exposição solar 1 semana antes e até a completa recuperação da pele após o tratamento. Usar o protetor solar, se for recomendado pelo seu médico;

A área tratada não deve ser exposta ao frio ou calor intensos, assim como compressas quentes ou geladas são contraindicadas. Compressas frias de soro fisiológico ou chá de camomila podem ser utilizadas após o tratamento;

Siga orientação do médico quanto à utilização de maquiagem;

Dependendo do tipo de peeling utilizado, é possível haver restrições quanto ao retorno às atividades habituais.

 

Efeitos colaterais

Como para qualquer procedimento médico, podem ocorrer efeitos indesejados. A realização do peeling por um profissional capacitado ajuda a diminuir o risco de problemas, como:

 

Irritação da pele, com inchaço e vermelhidão;

Piora de manchas.

 

Tipos de peelings

Dependendo do objetivo que se quer alcançar, o dermatologista optará por um tipo específico de peeling, contando com a ajuda do paciente para planejar as restrições a que ele deverá se submeter (trabalho, vida social, esportes etc.).

 

Ácido retinoico

É o peeling mais usado hoje em dia, por atuar em diferentes níveis da pele e por ser extremamente seguro. Promove uma descamação intensa, porém superficial. É indicado para clareamento de manchas, eliminação de rugas finas, melhora do aspecto e da textura da pele. Pode ser usado como preparo para outros procedimentos, pois proporciona uma cicatrização mais rápida da pele. Costuma ser usado repetidas vezes, com potência crescente e intervalos de 7 a 10 dias.

 

Nova Pelle
Entre em contato conosco