Especialidades

Métodos contraceptivos

Os métodos contraceptivos ou anticoncepcionais são recursos adotados para impedir a fertilização do óvulo, evitando a gravidez. 

A escolha do melhor método pode variar conforme as características de cada paciente e é feita em conjunto com o ginecologista.

Durante a consulta, são apresentadas as opções à disposição, assim como suas particularidades, modo de uso, eficácia, riscos e benefícios.

Tipos de métodos contraceptivos

Os métodos contraceptivos podem ser classificados em reversíveis e definitivos.

No grupo dos reversíveis estão:

Métodos comportamentais – envolvem a abstenção sexual periódica (método de Ogino-Knaus ou tabelinha, método do muco cervical ou Billings, acompanhamento de temperatura basal) e relações sem ejaculação intravaginal (coito interrompido);

Métodos de barreira – consistem no uso de instrumentos que impedem a chegada do espermatozoide no trato genital feminino (preservativo masculino, preservativo feminino, espermicida, diafragma, DIU de cobre);

Métodos hormonais – abrangem drogas hormonais em dose adequada para impedir a ocorrência de gravidez (contraceptivos orais, contraceptivos injetáveis, implantes hormonais, anéis vaginais, DIU com progesterona, adesivos cutâneos);

Contracepção de emergência – alternativa para impedir uma gravidez indesejada, após uma exposição sexual desprotegida (medicamentos hormonais).

Já os métodos definitivos compreendem cirurgias que resultam na esterilização da mulher (ligadura de trompas) ou do homem (vasectomia).

Para mais segurança, o ideal é buscar aconselhamento com o seu ginecologista. 

Nova Pelle
Entre em contato conosco