Exames

Doenças linfáticas

As doenças linfáticas são alterações que prejudicam o funcionamento do sistema linfático – responsável por drenar o líquido proveniente dos tecidos corporais (linfa) para os linfonodos.

Entre as doenças linfáticas mais comuns estão os distúrbios inflamatórios (linfagites), e problemas que afetam a drenagem e absorção da linfa, levando ao acúmulo nos tecidos (linfedemas).

As linfagites consistem na inflamação dos vasos linfáticos, podendo ser provocada por processos infecciosos ou outros agentes. Os principais sintomas são estrias irregulares avermelhadas e dolorosas sob a pele, acompanhadas de febre, calafrios, perda de apetite, mal-estar, dores de cabeça e musculares. Já o tratamento pode incluir repouso e uso de medicamentos analgésicos, antibióticos e anti-inflamatórios. Se não for cuidada adequadamente, as linfagites podem levar à formação de abscesso, celulite, fistulas, linfedema e sepse.

Já os linfedemas estão relacionados ao acúmulo de líquidos e alterações fibróticas na área afetada, por conta de uma insuficiência no processo de drenagem linfática. Isso pode ocorrer devido a traumas, infecções, uso de radioterapia e realização de cirurgia ou ainda não ter uma causa definida. Os sintomas mais comuns são inchaço nos braços, pernas e outras regiões (como tórax, cabeça e pescoço), além de sensação de endurecimento, movimentos limitados, desconforto e infecções de repetição. O problema é crônico, mas cuidados para aliviar o inchaço podem melhorar a qualidade de vida do paciente.

Nova Pelle
Entre em contato conosco