Especialidades

Queda de cabelo

A queda de cabelo começa a ser considerada anormal quando a perda diária ultrapassa a média de 100 a 150 fios. Até então, ela faz parte do processo natural de crescimento e renovação capilar.

O que pode causar a queda de cabelo?

Entre as principais causas para a queda de cabelo excessiva está a alopecia androgenética (calvície), condição ocasionada por fatores genéticos e hormonais. A probabilidade de desenvolver a doença aumenta com o passar dos anos e os sinais também são mais acentuados.

Na prática, o processo envolve a redução progressiva do tamanho dos folículos capilares e encurtamento da fase de crescimento do cabelo. Além disso, as fases de descanso se ampliam e os fios tornam-se, pouco a pouco, mais finos e ralos, podendo deixar de nascer completamente. 

Entre mulheres, a calvície costuma se apresentar com uma perda capilar mais dispersa e topo da cabeça com menos volume de fios.

Como tratar a queda de cabelo?

A escolha terapêutica vai variar conforme a origem do problema. Quando a motivação é genética e hormonal, a mesoterapia (ou intradermoterapia capilar) pode contribuir para minimizar a perda dos fios.

O tratamento injetável consiste na infusão de medicamentos diretamente na região que precisa ser cuidada (drug delivery), com resultados mais rápidos e eficazes. O procedimento pode ser realizado com o auxílio de equipamentos com múltiplas agulhas (MMP ®).

As microperfurações no couro cabeludo geram lesões que incentivam o aumento de circulação local. Além disso, os princípios ativos injetados estimulam os folículos capilares, impulsionando o processo de regeneração e crescimento.

Em alguns casos, o tratamento pode ser associado ao uso de laser, para melhores resultados.

Nova Pelle
Entre em contato conosco